Dicas da Vovó -Tenha Fé!

 

Vovó sempre foi uma pessoa de muita fé, aprendeu desde cedo a acreditar e confiar em Deus e nos ensinou que a palavra de Deus deve estar presente em todos os momentos de nossas vidas, não apenas nos momentos de falta de esperança, de dor, mas também nos momentos de alegria, de saúde; sempre gratos a essa força invisível que nos move e nos mantém em pé.

Minha avó vivenciou momentos muito dificeis, e em todos eles se apegou a Deus e por isso teve força para ultrapassar barreiras, sempre foi forte, corajosa, destemida, enfrentava em sua época desafios que eram considerados apenas para homens para cuidar de sua família, sempre esteve a frente de seu tempo e nunca demonstrou covardia diante dos desafios e dos preconceitos.

Mulher forte, guerreira, lutadora, presente em todos os momentos da família e da comunidade onde morava, nos mostrou com seu exemplo o tipo de ser humano que deveríamos ser. Nordestina, descendente indígena,mulher, analfabeta não desistiu nunca de querer aprender, pois quando era criança seu pai dizia que mulher não precisava estudar já que iria cuidar da casa e dos filhos, mas mesmo sem se alfabetizar era ela que estava no comando da família, provando para todos que mulher sim naquela época merecia estudar, porque não era o sexo quem determinava seu jeito de ser guerreira e décadas depois foi para escola estudar sim. Lembro que ela se orgulhava de poder ir a escola.

Conselho da vovó de hoje não desista de seus sonhos e tenha fé, lute e acredite eles podem se realizar.

Anúncios

Conselho do Vovô – desligue a Televisão!

 

Vovô sempre gostou de conversas, televisão só em alguns momentos para ver determinados programas, não como se fosse uma outra pessoa que você ao chegar em casa liga para não se sentir sozinho. Assistir a algum programa na televisão era um momento de realmente assistir e comentar.

Hoje é comum as pessoas ao chegarem em casa ligarem a televisão, ou ao acordarem, e a televisão permanece ligada mesmo sem as pessoas estarem prestando tanto atenção ou com intenção de ver algo determinado, a televisão virou uma forma de companhia, mesmo em famílias grandes onde cada pessoa tem uma em seu quarto, assim como o celular, virou companhia. As pessoas não pegam o celular para uma determinada tarefa, mas ele parece que faz parte da pessoa, como um prolongamento da sua mão, enquanto as pessoas próximas parecem tão distantes.

A televisão prende a atenção e por horas vive-se por meio dela, seria bom de vez em quando experimentarmos desligar e vivermos de fato.

Meu avô e minha avó dizia desliga a televisão para ela esfriar, na época era televisão de tubo, hoje diriam desliga a televisão e vai esfriar sua cabeça.

Por mais dias sem televisão e mais contato com as outras pessoas e quando formos ver algum programa que estejamos de fato assistindo e não apenas utilizando a televisão como companhia.

Vovô sabia das coisas!

Exercícios – uma obrigação que pode virar um prazer!

 

Quando ouvi que teria que fazer exercícios diariamente, pensei como vou arrumar tempo e coragem, já que chego do trabalho tão cansada! Como a escolha era fazer exercícios ou ter que tomar remédios para a dor, fiz a opção pelos exercícios. Depois de tomada a decisão era colocá-la em prática e neste momento não podemos pensar muito porque vamos arrumando desculpas para adiar o momento de iniciar, escolher o tipo de exercício, a academia, a roupa, etc…

Uma semana após ter começado posso dizer que estou adorando e consegui conciliar minha agenda e priorizar a atividade física, lógico que estou toda dolorida, mas reconheço que está me fazendo muito bem.

Às vezes devemos parar por um minuto e rever nossas certezas, nossas convicções, porque podemos estar errados. Reconheci que realmente estava precisando dessa atividade neste momento e a obrigação virou uma forma de prazer.

Uma ótima semana a todos!

 

 

 

 

 

 

Conselho da Vovó -união traz força e felicidade.

Vovó sempre dizia que o melhor era fazer tudo junto, que deveríamos estar sempre próximos para que um ajudasse o outro, junto ficamos mais fortes e mais felizes. Por isso para minha Vó a família deveria sempre se ajudar e nos mantermos próximos, nada era melhor do que uma reunião de final de semana, ou uma festinha para alegrar o coração da vovó.

Hoje vemos tantas pessoas fragilizadas, distantes uma das outras, nestes momentos lembro do conselho da Vovó, juntos ficamos mais felizes. Como é bom ter vivido isso junto a vovó e ao vovô.

Nos momentos em que estiver sozinho, procure os amigos, familiares, vizinhos, nada melhor do que uma boa conversa. Nas igrejas também existem grupos que estão prontos para ajudar, não deixe o desanimo tomar conta, reaja. Deus sempre coloca alguém em nosso caminho em um momento em que precisamos desabafar ou apenas conversar.

Os profissionais de psicologia e Serviço Social também são pessoas preparadas para auxiliar, procure alguém e abra seu coração.

A vida é mais gostosa quando podemos compartilhar com alguém nossos medos, frustrações e alegrias.

Vovó é que tinha razão, a vida é melhor quando se tem com quem compartilhar todos os momentos!

Dica da Vovó – Partilhar

 

Vovó sempre compartilhava o que havia feito diferente para comer, como morávamos na mesma rua, adorávamos ir na casa da vovó e voltar com algo bem gostoso, hum, cuscuz, pamonha tudo era muito bom, e aprendemos que para devolver um pote que já tinha vindo cheio também levávamos algo gostoso que minha mãe tinha feito.

A partilha é algo sagrado na família, como é bom fazer algo sabendo que você vai presentear alguém com isso. O domingo era dia daquela galinha caipira, aquela carne gostosa, tudo era muito mais gostoso quando era compartilhado.

Hoje ficaram as lembranças doces de uma época que conversar com alguém da família, saber das notícias eram momentos prazerosos, uma gostosa visita, comidinhas, tudo olho no olho, hoje sinto que muito disto se perdeu. Por mais dias de contato com as pessoas, contato real e não apenas virtual.

Por mais partilha entre todos nós.

Um dia de proximidade para todos.

Jaqueline Santos

Conselho do Vovô – Olhe para cima!

Dizia meu Vô que olhar para o chão fazia você não enxergar o mundo, o certo é olhar para cima. Ai você me pergunta pra cima do que? para cima e levar uma topada, bater o pé em uma pedra por exemplo?

Não olhar para cima, é olhar para o céu e deslumbrar a beleza, a quietude, a serenidade, a vida; olhar para cima e ver dentro dos olhos das pessoas com quem estamos conversando, nessa época digital as pessoas estão se voltando para a palma de sua mão e esquecendo o mundo ao seu redor. Na ânsia de ter likes as pessoas não veem , as pessoas registram para poder postar nas redes sociais.

Vovô é que sabia das coisas, vamos olhar para o mundo ao nosso redor e não apenas para o nosso umbigo. Fica a Dica do Vovô!

Abraços!

Jaqueline Santos

Dica de Hoje: Plante!

Você já pensou em fazer sua própria horta? Se você pensou, mas desistiu porque não tem espaço suficiente, saiba que existem muitas soluções para quem não dispõe de grandes espaços.

Meu sonho é poder me alimentar com produtos naturais, sem agrotóxicos, isso é uma mudança de estilo de vida, escolhendo por produtos orgânicos. A mudança tem acontecido aos poucos, o legal de plantar seu próprio alimento é que além de você saber como aquilo foi plantado e cuidado, você está ligado a terra e isto para nossa saúde é maravilhoso.

Para você que como eu não tem muito espaço saiba que você pode em qualquer espaço começar sua pequena grande horta.

Existem várias formas de plantar e em vários espaços, potinhos, garrafas PET, vasos, basta ter vontade que você conseguirá ter sua própria horta e começar a temperar sua comida, com cebolinha, coentro, pimenta e o que você mais gostar. Experimente, vale a pena.

Além de plantar sementes de alimentos para a alegria de sua mesa, você pode também plantar sentimentos, que tal hoje colocar umas sementinhas de gratidão e amizade para crescer ai pertinho de você? Quem semeia um dia colhe! é o que diz o ditado popular.

Um bom dia de plantio para você também!

Jaqueline Santos

 

Que o mar Leve

Que o mar leve minha gratidão a vida,

Vida que flui em mim,

Receba mar meus sentimentos,

meus amores,

meus olhares,

minha inquietação,

minhas saudades,

saudades dos que já fizeram parte de minha vida,

saudades de quem eu fui um dia,

saudades da criança que vive em mim e que descobre a cada dia um motivo para continuar sorrindo,

Guarda em um lugar secreto meus sonhos, meus pedidos, minhas ilusões.

Em meus sonhos posso voar sobre ti e lá do alto mergulhar em suas águas, descobrindo segredos, observando a vida latente em movimento cadente em suas profundezas.

E aqui no fundo do mar, sento, observo a vida, fecho os olhos e me deixo levar por seu movimento, flutuo até chegar a superfície e sentir os raios de sol tocar minha pele, beijar meus cabelos, me deixo flutuar no ar, começo a levitar entre o mar e o céu atingindo as nuvens e de lá contemplo o universo.

Reverencio a ti a vida que habita em mim.

Gratidão Eterna meu querido mar!

Jaqueline Santos

postagem-coletiva-que-o-mar-leve-escrita-criativa.

Dica da Vovó – compre apenas o que realmente você vai usar, não se deixe seduzir pelas promoções!

Hoje no dica da Vovó um sábio conselho – Compre apenas o que realmente você vai usar, não compre por impulso iludida nos diversos cartazes de promoções.

Vovó sempre dizia, vamos comprar o que viemos comprar, não vamos cair nessa armadilha de descontos, promoções!

É lógico que não resistimos e sempre damos aquela olhadinha, quem sabe tem uma super oferta daquilo que precisamos. Mas se não nos contermos acabamos levando para casa tudo que está em oferta e o que realmente fomos comprar esquecemos de pegar. É uma situação engraçada se não fosse trágica para muitas famílias.

Devemos ter o cuidado de não nos iludirmos com as chamadas ofertas, é bom pesquisarmos muito antes de efetuar nossa compra, seja em lojas físicas ou online. A pesquisa sempre foi boa conselheira, e se realmente o preço estiver bom e for algo que necessitamos ai sim vale o investimento.

Promoções sempre chama atenção, mas será que realmente estamos comprando por um preço justo? analise por exemplo no caso de roupas, o tecido é o que você procura? você vai usar? ou só porque o preço está bom? quantas roupas você já comprou pensando que iria usar e depois deixou ela adormecer no armário?

Ter em mente comprar o que realmente precisamos não faz bem só para o bolso, faz bem para a sociedade, para o planeta. Você já se perguntou o quanto de matéria prima tem esse produto, o quanto de água foi utilizado para a sua produção? Se isso faz diferença para você, que tal antes de comprar colocar tudo isso na balança e decidir o que for melhor para você e para o seu planeta?

Fica a dica da Vovó – fique atenta as promoções, será que você precisa disto?

Conselho do Vovô – Mais visitas menos mensagens!

A dica do Vovô de hoje é referente a relacionamentos, para se manter uma amizade devemos cultivá-la como uma semente que para germinar precisa de cuidados adequados, uma amizade ou qualquer tipo de relacionamento precisa de cuidados. Um bom exemplo é manter contato com os amigos, mas não somente por mensagens, reserve um horário para cultivar essa amizade com uma gostosa conversa, um almoço, um lanche, um café; o que importa é o encontro é estar junto para compartilhar, colocar o papo em dia.

Se você quer alimentar essa amizade e preservá-la separe um tempinho para cuidar dela, você verá que poderá dar boas risadas, matar as saudades e isso faz bem a nossa saúde emocional e física.

Se você ainda está em dúvida, faça um teste e nos diga se a dica do Vovô fez você feliz. Por mais encontros presenciais e menos mensagens virtuais. Precisamos de contato olho no olho, falar e observar as reações no rosto de quem está conosco e não através de figurinhas.

Por um mundo mais presente e real.